Arquivo para Brasil

Patriotismo

Posted in Atitude, Atualidades, Comentário, Eleições, Notícias, Opinião, Política with tags , , on 25/06/2013 by Carlos Baltazar

Engraçado como os detentores de alguma pouca ideologia tentam tipificar o movimento que vivemos  hoje no Brasil. Aqueles cujo pensamento remonta ao início do século passado, na longínqua URSS. Outros mais próximos, desde a formação da nação americana. É possível enxergar ranços de razão carentes de resultados em ambos. O socialismo de estado foi o regime que mais exterminou pessoas porque discordavam de suas razões soberanas e divinas. E o outro deixou à míngua um bom punhado de ingênuos sonhadores. Bandeiras? Há muitas, de todas as cores. Razões? Poucas. No que acreditar? Nos belos discursos palacianos ou na voz das ruas? Seremos eternamente marionetes do poder ou protagonistas do futuro do nosso país? Quando vemos a repressão fria sobre movimentos populares, vemos clara a intenção do governo em nos manter alinhados, ao seu pequeno alcance. Na verdade ainda não tivemos uma ideologia suficiente para nos fazer felizes. Nem socialismo, nem capitalismo. Essa é a nossa encruzilhada atual. Os débeis professam teorias sociais de uma igualdade inexistente. E os outros…bem, viva a liberdade encarcerada de todos nós. Ouço pessoas se perguntarem…mas afinal porque tudo isso, para que tudo isso? Seriam os vermelhos o melhor caminho ou os que ainda teimam em ser verdes-e-amarelo é que possuem razão? Uma coisa é certa, jamais seremos dominados. Temos coragem e audácia para enfrentar os inimigos comuns da pátria de todos nós. Não iremos nos acovardar, mesmo sob uma chuva incessante de balas de borracha, bombas de gás lacrimogêneo ou gás pimenta. Isso é combustível para a coragem e alimento para o nosso patriotismo.

1045190_1383503985199538_54046747_n

p.s.: quem está no poder está brincando com fogo…

Nós não estamos brincando…

Posted in Atitude, Atualidades, Eleições, Mídia, Notícias, Opinião, Polícia, Política with tags , , , on 21/06/2013 by Carlos Baltazar

Triste quando nossos virtuosos governos conseguem ver apenas seus valiosos feitos, orgulhando-se deles como narcisamente nenhum outro o fez. Mais triste ainda quando esse estado de suficiência chega a perturbar as mentes febris dos que, num espírito crítico, deveriam fazer um mea culpa e dispor-se a enfrentar seus erros, reordenando sua conduta, seus valores, suas atitudes primeiras. O povo brasileiro, leia-se do que se pode esperar, está farto de sentir-se posto de lado. Não se pode governar apenas para as urnas. É preciso ser mais sério. A classe política, distanciada anos luz de quem lhe dá razão, mostra uma visão míope de sabedoria e autossuficiência desconexa com a Nação. O governo olha para grupos, não possui senso nacional e outros, sem mérito de ação que lhe dê propósito. Vislumbram seu presente, seu futuro e seus potes. Resultado, uma multidão de pessoas exigindo o que é seu, um país que lhes dê atenção. O problema do Brasil não é falta de recursos, mas de vergonha. Todas mais de 5000 prefeituras tem problemas de desvios de recursos, tudo com origem na corrupção oficial. A bandalheira da corrupção fez do nosso o país dos espertos. Perdemos a vergonha, perdemos a decência, faz tempo. Por isso muitos choram, não por conta do gás lacrimogêneo com que nos brindam nas ruas. Pensem senhores e senhoras, que país vós quereis ajudar ou atrapalhar construir. Ontem queimaram-se bandeiras, só não queimamos, ainda, a oportunidade de ser uma Nação de verdade.

1016069_388551634599779_1505208314_n

p.s.: o bicho ainda via pegar…

Invasão Chinesa

Posted in Atitude, Atualidades, Comentário, Denúncia, Esporte, Mídia, Notícias, Opinião, Política with tags , , , , , on 27/05/2011 by Carlos Baltazar

Em artigo no uol, autoridades brasileiras começam a ficar incomodadas com o apetite chinês em adquirir grandes quantidades de terra no Brasil para a produção de soja para alimentar seus porcos e frangos. Mais uma vez ele, sim o magistral Lulla da Silva nos botou numa fria. A sua parceria estratégica com a China vem se revelando numa dependência econômica com relação aquele país miserável, mas com muito dinheiro. Grosso modo a nova classe média do Brasil depende dos porcos e galinhas da china. Essa é a expertise do Lulla e a nossa burrrice, sim, com três erres. Segundo especialistas em relações com os chineses eles gostam de comandar o show sozinhos, ou seja, caímos novamente como patetas no conto da grande monocultura colonial. Mais de 84% das exportações para a China são de produtos primários e as deles, de lixo que sai das suas indústrias. Dilma está tentando reverter mais uma situação irresponsável de seu antecessor e procurando reatar relações mais próximas com os EUA, claro. Ou alguém acredita em chineses bonzinhos? Os comunistas do PT, sempre tão raivosos contra o imperialismo americano, estão descobrindo o que é ficar à mercê do imperialismo chinês comunista. Senão me falha a memória meu primeiro post falava exatamente sobre isso, há alguns anos atrás. Detalhe, a China proíbe que sejam compradas terras, minas e campos de petróleo em suas divisas. Espertinhos, né? Obrigado Lulla.

 

p.s.: me preocupa o cerco de Lulla à Dilma em Brasília…   

 

 

Dizem da Copa. Não sei, dizem…

Que quem armou essa história do estádio do Corinthians foi o molusco invertebrado e acéfalo. E que o dito cujo estaria levando uma baba da Odebrecht para concretizar a parada. Então vejam bem, amigos e inimigos deste blog, o ex-estafeta da FIESP colocou em risco a participação de São Paulo na copa, e em todos os eventos paralelos por conta de gorda propina. Que lixo. 

 

Em tempo. Leio que acabamos de perder o centro de imprensa da copa. Nada de mais vindo dos cartolas cariocas da CBF, aqueles que devolveram de dinheiro de corrupção. Começa a dar nojo desde já essa história de copa do mundo. Isso porque ainda não começaram a falar das olimpíadas, não é Nuzman?

Brasil, ano 2050

Posted in Arte, Atualidades, Eleições, Humor, Mídia, Opinião with tags , , , on 17/05/2011 by Carlos Baltazar

“Andando nas ruas do centro, cruzando o viaduto do chá…” (Joelho de Porco)

Andando pelo centro da cidade de São Paulo é possível ver a diferença do que é hoje e o que era há trinta e poucos anos atrás. Num exercício de adivinhação tento imaginar como será o Brasil em 2050, nossos problemas, nosso povo e a política que nos aguarda. Daqui até lá serão 39 anos de uma nova história. Teremos vivido o pós-PT, que em minha opinião será muito doloroso. Vamos ter os recursos do pré-sal que irão alavancar alguns projetos estruturais, espero que de forma positiva, já que político com recursos na mão é um perigo iminente e irresponsável. Mas a política trará novidades boas. O fim da Era PT. O rearranjo partidário certo trará uma melhor formação ética no país. Com o desaparecimento de figuras de baixo calão, como Lulla e seus asseclas e Sarney, que será extraditado para a Venezuela, por crime de plantio ilegal de ervas proibidas, surgirá espaço para pessoas mais decentes doarem seu tempo em favor do bem estar público. O fim da Era PT será marcado por um desacordo de interesses políticos entre as várias facções políticas e criminosas que compõe seu arco de apoio no poder legislativo. O desencanto inicial trará alívio para parcela significante da população que terá nova oportunidade de rever seus conceitos políticos e sociais. Após um período de corrupção endêmica que abalará todas as instituições de poder que estarão envolvidas nas mais escabrosas situações criminosas, a população exigirá o fim das benesses públicas aos membros do governo, parlamento e judiciário. E terão seu papel contestado fortemente nos fóruns de discussão pública. Os membros da elite política serão convidados a abdicar de suas funções sob pena de terem sua liberdade e seus bens caçados pelo interesse público da maneira antiga do olho por olho. Grupos de cidadãos tentarão formar tribunais públicos para julgar desvios de seus representantes já que a justiça se nega a produzir julgamentos desses por falta de evidências documentais. A elite sindical começa a transformar-se em grupos paramilitares de pressão e são dissolvidos (sic) pelas forças de segurança após um intenso combate nos morros cariocas. Seus aliados, os traficantes de substâncias não legalizadas, igualmente serão destituídos de suas locações e postos em navios-prisão ancorados no meio do oceano. Outrora poder, a Igreja perderá seu status e fiéis para seitas científicas que prometem o nirvana virtual. Os membros da antiga ala progressista entrarão para a clandestinidade armada na luta pela volta do PT ao poder e os conservadores apenas se juntarão ao Hare Krishna e venderão seus santinhos em locais públicos. O futebol terá árbitros robôs com visão de 360º e as chuteiras poderão recusar jogadas agressivas travando a perna e a vontade dos seus usuários. (O Corinthians, apesar de intensa luta, ainda não terá obtido a taça libertadores da América) Somente o carnaval ainda será o mesmo. Samba, suor e cerveja serão o tom das escolas de samba que ainda resistiram ao fim da era de ouro da contravenção. O expoente do carnaval será Luluzinho da Silva, neto do ex-dirigente do PT que assumindo sua atração sexual por robôs e tornos colocará na avenida o samba-enredo “Viscoso e gostoso no mundo virtual das maravilhas do mundo moderno”, cantado por Afrozinho de São Bernardo. O Brasil será melhor e mais digno de seu hino, apesar de ainda não ter ganhado o Oscar, mesmo com sucessos de bilheteria como Tropa de Elite 43 e Se eu fosse você 27. As novelas da Rede Globo poderão ser adquiridas em pílulas, onde cada pessoa poderá ingerir o capítulo que quiser e participar como figurante virtual das cenas que farão Aline Morais, Flávia Alessandra e Cláudia Raia, que na época terá apenas 44 anos.

 p.s.: quando menos se espera tem alguém batendo na sua porta dizendo que o tempo já passou…

Corrupção sobrenome Brasil

Posted in Atitude, Denúncia, Eleições, Mídia, Notícias, Opinião, Política with tags , on 16/05/2011 by Carlos Baltazar

A corrupção tem causado marcas profundas na sociedade brasileira, nas instituições públicas e privadas e no caráter do povo. Não acho que partidarismo seja o melhor da discussão, mas antes a falta de vergonha que vem afrontando as pessoas decentes deste país. Não dá para não ver que a corrupção deslavada vem agregando e arregimentando pessoas em todas as esferas do poder público. Presidente, ministros, governadores, deputados, senadores, prefeitos, vereadores, desembargadores, juízes, promotores, secretários em todas as grades de poder. Acho que só faltam garis. É uma indecência o que a classe política vem causando de mal ao futuro deste país. E por trás destes os partidos que são cartórios escolares da corrupção. De todas as cores que já passaram pelo poder TODAS corromperam e foram corruptas, sem exceção. Agora estamos sob o jugo da ditadura corrupta sindical. Toda a espécie de pilantragem está sendo praticada em nome do povo. Comissões, achaques, desvios, roubo, tudo isso é moeda corrente no Brasil indecente que estamos vendo se expandir entre nossas fronteiras. O descaramento é tal que pouco nos abisma ou nos faz revirar os olhos de vergonha. Tudo passa a ser óbvio, consequente e contumaz. É muito triste quando vemos um horizonte manchado de mentira e agonia patriota. Estou cansado de ter de dizer verdades sobre mentiras alheias. Me irrita ter de apontar obviedades para consciências cegas. Me entristece ver meu país sendo vilipendiado por pessoas sem caráter, educação ou ética, sorrindo mentiras. É doloroso chamar de celebridades pessoas sem moral, educação e conteúdo. Vivemos tempos de trevas para a sabedoria, para a verdade e para a ética. Muitos que deveriam ter educado seus filhos criaram bestas que fornicam com outras e que vão fazendo piores. Celebram a derrocada do entardecer daquele que deitado em berço esplêndido será extirpado de um futuro promissor. É inverno. É tempo de encobrir a verdade das falanges do mal.

 

p.s.: o pior flagelo da descrença é a falta de esperança…

Terra Brasilis, povus estúpidus…

Posted in Atitude, Comentário, Eleições, Humor, Opinião with tags , , on 28/09/2010 by Carlos Baltazar

O comando do partido dos trabalhadores (politburro) avalia que todos os escândalos no governo lulla não afetam os números da campanha da coronel dilma. E você, caro leitor, sabe por quê? Simplesmente porque o povo brasileiro é formado em sua maioria esmagadora por analfabetos, analfabetos funcionais, analfabetos políticos e gente ruim. Acho que você, caríssimo leitor, nunca ouviu alguém falar assim tão mal de brasileiro. Mas o brasileiro não possui essa índole tão boa quanto sempre pareceu. Em todas as entrevistas, quando o assunto é corrupção, sempre tem aqueles que mostram a cara dessa forma: “se eu tivesse oportunidade faria também…”. Você já viu pobre ajudar pobre? O partido dos trabalhadores, ao contrário do que se pensa, não veio da pobretada. Foi formado por intelectualóides comunistas com um sonho de domar um bando de brazucas burros, idiotas e picaretas. O brasileiro possui todos os adjetivos que o pt precisa para fazer do Brasil um pasto: vivemos rindo enquanto nos fodem, o importante é futebol e cachaça/cerveja; não queremos saber de trabalho ou responsabilidade, e se puder tirar proveito…é nóis. A quadrilha encastelada no governo federal está rindo à toa com a jumentada verde-amarela, mesmo porque o caráter de ambos é parecido e a compreensão vigora. Afinal, qual dos eleitores do PT sabe o que é BNDES?

p.s.: Maluf e Collor estão sendo desagravados em toda a roubalheira que fizeram. Lulla e sua quadrilha fizeram a redenção dos dois larápios…

Verdade

Posted in Atitude, Comentário, Denúncia, Notícias, Opinião, Política with tags , , , , on 26/07/2010 by Carlos Baltazar

Venezuela admite presença das FARC em seu território. (folha.com)

Nada mais lógico do que comunista apoiar comunista, mesmo que esses sejam traficantes, sequestradores a assassinos. Hugo Chaves é mais um imbecil comunista que chegou ao poder graças à ignorância de seus concidadãos. De lá para cá tem se esforçado para manter-se no poder à custa de aviltações e desrespeito aos direitos civis mais elementares. O abrigo ao grupo terrorista das FARC é só mais um capítulo dessa vergonhosa história que um país rico em petróleo e miséria humana escreve com suas próprias mãos e pés. Chaves é um imbecil mal intencionado, usa seu discurso socialista para ludibriar os pobres, que esperam possuir um pouco de toda a riqueza de que acham que são donos. Como a América Latina é recheada de imbecis e analfabetos, os políticos de esquerda querem seguir esse mesmo caminho que um dia Cuba optou seguir. O da miséria compartilhada, o da opressão dividida, o do assassínio aos opositores, e o das fartas benesses para os membros do politburo. E o povo otário que se f…

Na foto, um comandante viado, com a plástica em dia, e dois típicos militantes pobres e letrados no leninismo. Cena típica possível de ser vista em qualquer reunião plenária do PT.

p.s.: no meio de toda a discórdia política que sempre ameaça o futuro da América Latina, figuras desprezíveis e mentirosas sempre misturam-se a outros mais abastados que enxergam neles a oportunidade de ganhar mais, tipico de certos empresários do Brasil…